segunda-feira, 25 de maio de 2009

Vereador Cordeiro comemora decisão de abrigar o CEFET no prédio da Abeu, no Perequê

O vereador Cordeiro recebeu com satisfação a decisão do Governo Municipal de instalar no prédio da antiga universidade Abeu, no Perequê, a nova Escola Técnica Federal de Angra dos Reis (CEFET). O anúncio foi feito na última sexta-feira, 22, pelo próprio prefeito municipal. A proposta de desapropriação do imóvel da Abeu para abrigar o CEFET foi feita por Cordeiro logo no início de seu Mandato na Câmara Municipal de Angra dos Reis.

A proposta foi levada primeiro à direção do CEFET/Rio, em março, quando Cordeiro e a ex-vereadora Conceição Rabha estiveram no Rio de Janeiro para debater o cronograma de construção da escola técnica federal na cidade. Já naquela ocasião, Cordeiro dizia com segurança, que o melhor local para o CEFET era mesmo o prédio da Abeu.

Abrigando o Cefet num prédio já pronto, as aulas poderiam começar em poucas semanas. Não há justificativa nenhuma para um atraso como esse, de quase dois anos — questionava à época o vereador, assegurando que a desapropriação dos prédios da Abeu era a melhor saída para acelerar o projeto.

No mês seguinte, em abril, protocolou a mesma sugestão através de uma indicação à secretaria municipal de Educação. Em debate público na Câmara Municipal, provocado pela Bancada do PT, Cordeiro apresentou a proposta diretamente à secretária municipal de Educação, Luciane Rabha, relatando a conversa que tivera no mês anterior com a direção do CEFET/Rio. Na ocasião, a ex-secretária municipal de Educação, Stella Salomão, dissera que a área teria sido vetada pelo Ministério da Educação.

Hoje vemos que isso também não foi verdade. A própria secretária atual diz que não houve nenhum veto. E que o CEFET/Rio recebeu muito bem as instalações. Foi falta de vontade política mesmo, como o PT sempre afirmou na campanha eleitoral. Esta falta de vontade é que atrasou as obras do CEFET — resumiu Cordeiro.

Nesta segunda-feira, 25, o vereador Cordeiro acompanhou a inspeção da secretária Luciane e dos representantes do CEFET/Rio e do Ministério da Educação às instalações da Abeu, agora já desapropriadas pelo município pela soma de R$ 2,6 milhões a serem pagos em 12 meses. O diretor do CEFET/Rio, Miguel Badenez, afirmou que a área é a ideal para a construção da nova escola técnica federal, investimento direto do Governo Lula em Angra dos Reis.

De todo modo estou muito feliz. Sei que haverá uma disputa política sobre isso, mas estou com a sensação do dever cumprido. Este era, desde o início, o melhor caminho. O mais rápido para assegurar os benefícios que o CEFET vai trazer para a região. Fico feliz que o Governo Municipal tenha deixado as disputas partidárias de lado e dado razão à lógica. Quem ganha é o município, são os jovens da nossa cidade que ainda este ano poderão contar com o ensino de excelência que é praticado pelo CEFET em todo o país — disse Cordeiro, que é o líder do PT na Câmara Municipal.

Nas postagens abaixo você pode conferir como Cordeiro empenhou-se na defesa da desapropriação do prédio da Abeu para abrigar o CEFET/Angra:
http://cordeirovereador.blogspot.com/2009/04/cordeiro-volta-defender-desapropriacao.html
http://cordeirovereador.blogspot.com/2009/04/o-vereador-cordeiro-procurou-direcao-do.html

E leia também as notícias publicadas no site de informação 'Notícia Pescada', a respeito do mesmo tema:
http://www.noticiapescada.com.br/noticias.php?id=1637&cat=1
http://www.noticiapescada.com.br/noticias.php?id=1390

Um comentário:

Bernadete disse...

Olá, caro vereador.
Sou professora de Arte da rede estadual e aguardo ser convocada no concurso do município. Minha classificação é 34º e estou com muitas esperanças, pois sabemos que a rede municipal tem carência de professores, visto que sempre há oferecimento de RETI!

Sendo possível, acompanhe com atenção as convocações a fim de evitar novas contratações (CPD)e que passe o prazo.

Sem mais,

Bernadete C.P. Correia